Destaque:

El centenario de las apariciones de la Virgem Maria en Fatima

Rosa Caroline Crespo Fernández Valderi da Silva En su visita al santuario de Fátima en 1982, San Juan Pablo II proclamaba que "a ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

terça-feira, 10 de julho de 2012

O florescer da santidade dos Papas

Sempre ouvi comentários críticos a respeito dos Papas e de como alguns levaram uma vida em muita desconformidade com o Evangelho. Estes comentários, malíciosos e tendenciosos em muitos casos, sempre foram tratados com muita tranquilidade por mim, menos um deles, o de que os papas deixaram de ser santos.

É doloroso ter que admitir que muitos homens que sucederam a Pedro não conseguiram alcançar a santidade, pelo menos visível a nós. Mas nunca aceitei que os Papas perderam a capacidade de serem homens santos, e com a graça de Deus, este século XX mostra-me que não estou errado.

Após a feliz notícia da beatificação de João Paulo II e ter já o exemplo de santidade do beato João XXIII – que convocou o Concílio Vaticano II –, recebemos esta grata notícia de que outros dois papas deste século XX poderam subir aos altares para venereção dos fiéis. Meu coração se enche de alegria em poder, com a confirmação da Santa Igreja, venerar estes grandes homens, que na missão a eles confiada, conduziram o rebanho de Cristo na santidade de suas vidas.

Na fé, espero poder agragar as invocações, João Paulo I e Paulo VI, assim como faço com o beato João XXIII e o beato João Paulo II.

___________________________

ROMA, 10 Jul. 12 / 10:47 am (ACI).- No próximo Ano da Fé que comemora o 50º aniversário da abertura do Concílio Vaticano II, o Papa Bento XVI poderia elevar aos altares dois Papas que participaram do Concílio e foram seus Joao Paulo I [Luciani] predecessores na Cátedra de Pedro: João Paulo I e Paulo VI.
No dia 1º de maio de 2011, Bento XVI beatificou João Paulo II e com as duas possíveis beatificações, seria a primeira vez na história que um Papa beatificará três de seus antecessores.
O Corriere delle Alpi, jornal que segue de perto as notícias sobre João Paulo I, por ser do lugar onde o Pontífice desempenhou seu trabalho como pároco, publicou no último 25 de junho umas declarações do Prefeito Emérito para as Causas dos Santos, Cardeal José Saraiva Martins, quem assinalou que seria possível a beatificação dos dois pontífices durante o Ano da Fé.
A beatificação é "possível, mesmo sendo os processos geralmente muito complexos, nestes casos, as fases estão avançando", e "diria mais, considerando que não conheci bem, tanto Montini –Paulo VI-, como Luciani –João Paulo I-, espero que os dois possam ser beatificados juntos", explicou o Cardeal.
João Paulo I, entrega da Positio para o próximo 17 de outubro
Além disso, na sexta-feira passada, o Postulador da Causa de Beatificação de João Paulo I, Dom Enrico Dal Covolo, afirmou que a Positio do Servo de Deus João Paulo I, já está terminada e o próximo 17 de outubro, com motivo do centenário doPaulo VI nascimento do Papa Luciani, fará a entregará ao Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, Cardeal Angelo Amato.
O anúncio foi dado durante a Missa celebrada na festa de São Pedro e São Paulo, em Agordo, localidade que une em origem Dom Dal Covolo e o Papa Luciani.
Dom Dal Covolo, quem também é reitor da Pontifícia Universidade Lateranense de Roma, explicou que a Positio se divide em dois volumes. O primeiro apresentará as virtudes heróicas do Pontífice, e o segundo explicará toda sua vida.
Para o seguinte passo que conduziria aos altares o Pontífice, deve-se esperar o veredicto positivo e unânime dos estudiosos, peritos e médicos que contrata o dicasterio para afirmar se resulta, ou não, "Venerável".
Embora ainda não haja nada oficial, o milagre que elevaria aos altares o Papa Luciani, seria a cura de Giuseppe Denora, um italiano que após orar ao pontífice, foi totalmente curado de um severo tumor gástrico.
Paulo VI, o Papa que nomeou Joseph Ratzinger como Cardeal.
O possível milagre atribuído ao Servo de Deus Paulo VI -o Papa que criou como Cardeal o então arcebispo Joseph Ratzinger-, seria a cura de um menino dentro do ventre de sua mãe.

___________________________

Fonte: www.acidigital.com

Nenhum comentário: