Destaque:

El centenario de las apariciones de la Virgem Maria en Fatima

Rosa Caroline Crespo Fernández Valderi da Silva En su visita al santuario de Fátima en 1982, San Juan Pablo II proclamaba que "a ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

terça-feira, 12 de junho de 2012

Terça-feira – 1Rs 17,7-16 Mt 5,13-16

X Semana do Tempo Comum

Pe. Valderi da Silva

Deus sempre provê seu profeta, aquele que dedicou sua vida a servi-lo. Este cuidado de Deus para com seu servidor abrange aqueles que, ao redor deste servo de Deus, se coloca em seu auxílio, não com a missão da pregação e evangelização, mas com o cuidado e até o sustento deste. Em realidade, isto é algo bem visível e necessário dentro de nossas comunidades, onde sabemos que a missão do leigo, como que “ordenado” por Deus, é justamente agir como esta viúva de Sarepta, auxiliando com o sustento aqueles que trabalham para levar a palavra de Deus a todos. Vela

A estes que auxiliam no cuidado e sustento daqueles que se dedicam ao serviço de Deus, o Senhor não lhes deixar falar nada, é como compreendemos aqueles palavras de Cristo, de que aquele que dá de sua pobreza lhe será recompensado cem vezes mais. Nossa doação em nome de Deus, sempre nos trará retorno, nunca passaremos fome e sede por auxiliarmos os enviados de Deus. Também, agindo assim, colaboramos com a missão evangelizadora daquele que recebe a missão específica de falar em nome de Deus.

Na Igreja, o leigo mais claramente, exerce esta missão de auxílio e sustento membros consagrados da Igreja, mas também é necessário que formem esta consciência de que ao trabalharem nesta atividade, contribuem para a própria missão confiada por Cristo a Igreja que fundou.

Assim como o profeta que não deve se calar, mas dedicar toda a sua vida a espalhar a verdadeira vontade de Deus, Cristo nos chama a nunca escondermo-nos como cristãos. Somos batizados e enviados a proclamar a Boa Nova de Cristo a todos e em todos os momentos. Por isso, estas palavras de Cristo sempre vão devem ressoar nos ouvidos de toda a comunidade cristã: vós sois o sal da terra (Mt 5,13), se ficamos inertes, como poderemos dar sabor a humanidade? O sal somente exerce sua função de dar sabor ap alimento quanto é inserido nele se mistura, mas não para desaparecer, mas para mudar o sabor do alimento, antes insosso, mas agora com novo sabor. Claro que, ouvindo estas palavras de Cristo, surge sempre mais urgente a formação espiritual e doutrinária, para nossa vida como para salgar com produto bom, a humanidade que espera quem lhes mostre a verdade.

Vós sois a luz do mundo (Mt 5,14). Os cristãos são esta luz do mundo, pois com suas vidas retamente guiadas pela vontade de Deus, deixam um rastro luminoso onde todos que se encontram perdidos na escuridão da vida podem encontrar o caminho que leva ao Pai.

Jesus ainda nos diz que não pode se esconder uma cidade que é construída sobre um elevado monte. Assim, os cristãos que receberam tão elevada graça, que receberam tão alta compreensão da verdade divina, não podem se contentar com uma vida esquecida em meio a multidão, devem se fazer notar como cristãos autênticos e com a autoridade da fé, mostrar Deus a todos.

Nenhum comentário: