sexta-feira, 22 de junho de 2012

Sexta-feira – 2Rs 11,1-4.9-18.20 Mt 6,19-23

XI Semana do Tempo Comum

Pe. Valderi da Silva

[Deus continua a reunir seu povo]

Como tantas outras vezes, o povo havia quebrado a Aliança com Deus, haviam decidido por mais uma vez a adorar outros deuses ao invés do Deus verdadeiro com o qual fizeram uma aliança para sempre. Mas Deus sempre suscita alguém para fazer o povo tomar consciência de sua infidelidade e para que retomem o caminho abandonado.

É através deste enviado de Deus, por meio de suas ações e palavras que o povo acaba se conscientizando do pecado e decidindo ser novamente o povo do Senhor (cf. 2Rs 11,17).Tesouro

É nesta missão que se encontra a Igreja de Cristo, que têm por objetivo também nos conscientizar que somos povo de Deus, que selamos uma aliança com o sangue do Cordeiro. Ela nos resgata da morte do pecado, prefigurada pela assassina Atália e nos conduz ao templo de Deus, como Joiada fez a Joás, afim de nos apresentar como filhos verdadeiros do Rei, aquele que dá a vida e não o que a tira, como é o falso deus Baal, adorado por Atália.

[Meu tesouro está no céu]

Como é grande a sabedoria de Deus e como é ilusória a “sabedoria” do homem!

Jesus nos mostra com clareza onde o ser humano deve procurar seu tesouro. Não é em nossa miséria humana que encontraremos algo realmente valioso, algo que valha o esforço de guardá-lo, este tesouro encontraremos na realidade onde o que têm valor é imperecível, ou seja, no céu.

No mundo contemporâneo existem muitas pessoas preocupadas em juntar este tesouro aqui, através de seus bens materiais, deixando de lado a tarefa de conquistar “riquezas” espirituais que o enriqueceram para a vida eterna. Estes se encontraram pobres no momento que o curso de sua vida terrena acabar.

Por isso Jesus nos diz para “abrirmos os olhos” e enxergar o que realmente têm valor para que nos ocupemos com o que vale o esforço: se o teu olho é sadio, todo teu corpo ficará iluminado (Mt 6,22). De princípio, nos empenhemos em ter este olhar claro sobre nossa realidade espiritual e humana, para que esta visão clara de Deus e de nós mesmos, ilumine nosso viver.

Nenhum comentário: