Destaque:

El centenario de las apariciones de la Virgem Maria en Fatima

Rosa Caroline Crespo Fernández Valderi da Silva En su visita al santuario de Fátima en 1982, San Juan Pablo II proclamaba que "a ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

quinta-feira, 12 de abril de 2012

O desafio do silêncio

Aprender a calar

Constantemente estamos rodeados de muita informação, muita opinião e muitas outras indicações que são nos apresentadas mesmo que não a peçamos. Tudo isso faz parte do estrondoso mundo barulhento que nos rodeia e que dele fazemos parte, quer queiramos ou não. Mas não somente o barulho de fora é que contribui para este agitado ambiente, meu hábito de não conseguir calar também contribui para este ambiente e com minha ajuda ele fica mais barulhento para mim e para os outros.

Aprender a calar é necessário, pois nos nos a possibilidade de pensar melhor nas decisões e nas palavras a se dizer. Aprender a calar, além disso, contribui fundamentalmente no cultivo espiritual, pois quando deixo de falar além do necessário, dou espaço para o espírito alimentar-se do que vejo, leio e ouço.

Aprender a escutar

Nisto aprendemos outra coisa importante, aprender a escutar. Parece se contradizer um pouco ao desejar estar num ambiente de silêncio, mas na verdade o que se deseja escutar esta além do barulho que o mundo e eu produzimos, se trata de ouvir, além das palavras que as pessoas no dirigem, tentar sempre ouvir a voz de Deus, que sempre tem algo a nos dizer em cada instante da vida.

Claro que, aprender a escutar, também se refere a ser mais atento ao que outros nos dizem, “escutar mais do que falar”, este bom hábito pode nos rendem grande bem, espiritual e humano.

Encontrar no silêncio a voz que forma a personalidade

Esta é uma verdade que sempre desejei defender com muito afinco. Sempre acreditei que o grande formador da personalidade – não confunda com temperamento – é o silêncio, é estar neste estado de tranquilidade interior e exterior. Um estado favorável interiormente é que pode dar as diretrizes e conselhos necessários para que se possa crescer na personalidade que levará o ser humano a caminhar na verdade sobre o homem e sobre Deus.

O silêncio é a grande lei da vida sobrenatural

A vida sobrenatural se vive principalmente no silêncio. Por isso o silêncio é como uma lei da vida sobrenatural, pois lhe é essencial para o sustento desta vida além de ambiente para seu crescimento.

Nenhum comentário: