Destaque:

A retrospectiva de Brás Cubas

Tenho grande apreço por Machado de Assis, pois acredito que sua contribuição para a Literatura Brasileira foi muito além de incrementar ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Diferença entre CARÁTER e TEMPERAMENTO

Neste livro sobre virtudes e liderança encontrei uma explixação bem simples e assim, de fácil compreensão sobre a diferença entre CARÁTER e TEMPERAMENTO, algo que facilmente as pessoas em geral confundem e por isso lhes é tão difícil crescer em virtudes.

A liderança é uma questão de caráter, não de temperamento. O caráter forma-se mediante o treino, ao passo que o temperamento é inato. O temperamento pode favorecer o desenvolvimento de certas virtudes e dificultar o de outras. Se eu tenho um temperamento apaixonado, para mim será relativamente fácil praticar atos de audácia; se sou tímido, a audácia significará para mim um verdadeiro desafio. Mas, se luto por dominar os meus defeitos de temperamento, estes defeitos converter-se-ão na minha força moral, em ocasião para fortalecer as minhas virtudes.

As virtudes imprimem a marca do caráter no nosso temperamento, fazendo com que este deixe de nos dominar. A falta de virtude torna-nos escravos do nosso temperamento. Escrivá explica este triste fenômeno da seguinte maneira: “Não digas: Eu sou assim… são coisas do meu caráter. São coisas da tua falta de caráter” (Caminho,4).

Assuma o controle da sua vida. Se você é irascível, exercite-se no autodomínio; se é libidinoso, exercite-se na pureza. Não seja escravo dos seus defeitos.

As virtudes moderam o temperamento. Uma pessoa impulsiva guiada pela virtude da prudência torna-se mais reflexiva. À pessoa temerosa e hesitante, guiada pela mesma virtude, passa à ação com mais facilidade. As virtudes estabilizam a nossa personalidade, eliminando os extremos destoantes.

Do livro Virtudes e Liderança. Alexandre Havard. Quadrante, 2011, pg. 125-126.

Um comentário:

Julio Winck disse...

Gostei muito de seu artigo. Eu pesquiso com grande interesse o assunto temperamento e tem me ajudado muito no meu autoconhecimento. Quero mostrar-lhe um gráfico bem interessante que criei para explicar as diferenças entre temperamento, caráter e personalidade, na forma de uma analogia com uma árvore: http://www.kidleitura.com/temperamentos.htm
Espero que goste.
Atenciosamente,
Julio Winck