Destaque:

A retrospectiva de Brás Cubas

Tenho grande apreço por Machado de Assis, pois acredito que sua contribuição para a Literatura Brasileira foi muito além de incrementar ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

domingo, 25 de março de 2012

Queremos ver Jesus

Hoje pela tarde, assistindo pela televisão a Santa Missa presidida pelo Santo Padre no Parque Bicentenário de León, no México, onde faz sua visita apostólica, ouvi atentamente a homilia de Bento XVI, que se referia necessariamente a liturgia de hoje, quinto domingo da quaresma, o papa me fez perceber mais uma sutil mensagem do evangelho, mais precisamente do pedido que fazem os gregos que se aproximaram de Felipe: Senhor, queremos ver Jesus! (Jo 12,21).

Estes gregos certamente faziam parte daquele grupo de pessoas que não nasceram judeus ou que provinham de familias judias mas nasceram e sempre viveram fora das terras onde os judeus habitavam. Por também temerem a Deus, pois tentavam seguir a fé judaica mesmo fora da comunidade, acabaram sentindo a curiosidade de quem sabe das escrituras onde um Messias é prometido, e chegando aos seus ouvidos a fama de Cristo não seria diferente que o procurassem para no mínimo o conhecer.cruz crucificado

Esta curiosidade por conhecer a Cristo brota de corações sensíveis as obras e as palavras de Cristo. Alguém que certamente nasceu em terras onde nunca chegou o cristianismo, tendo o espírito sinceramente aberto a verdade, ao ouvir os evangelhos e perceber as grandes coisas que este Jesus fez, pode também ser tomado por uma curiosidade pelo Cristo. Mas não é exatamente o fato de se apresentarem curiosos pelo Cristo que o papa chamou a atenção em sua homilia.

Depois de falarem com Felipe e este ter consultado André, os dois foram falar a Jesus que havia dois gregos querendo o conhecer, e então Jesus dá uma resposta que a primeira vista parece desconecta com o pedido dos gregos: chegou a hora em que o Filho do homem vai ser glorificado (Jo 12,23). O que pode parecer estranho é que Jesus tenha dado esta resposta logo da pergunta e não tenha dito mais nada sobre o pedido realizado. Mas o que temos que ver, e isto o papa nos apresentou em sua homilia, é que Cristo esta plenamente inebriado pela hora da Cruz, já neste  momento sente aproximar-se a hora da sua entrega total, por isso reponde a tudo sobre este momento decisivo. De fato, Cristo quer mostrar que se estes gregos e quem mais o deseja encontrar e o conhecer verdaderiramente, olhem para este momento, olhem para Cruz, ali estará o Cristo que eles procuram. A cruz é Sua glorificação, é na cruz que Jesus esta glorificado pelo Pai e é deste modo, com Sua glória que Ele quer que nos aproximemos.

Ele sabe que assim atrairá também muitos a Si, quando estiver elevado da terra, elevado em Sua glória no madeiro sagrado.

Nenhum comentário: