Destaque:

A retrospectiva de Brás Cubas

Tenho grande apreço por Machado de Assis, pois acredito que sua contribuição para a Literatura Brasileira foi muito além de incrementar ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

O futuro sacerdote deverá ser "humanamente íntegro" para ser um verdadeiro "homem de Deus."

Eucaristia Consagracao O futuro sacerdote deverá ser "humanamente íntegro" para ser um verdadeiro "homem de Deus."
"O mundo aguarda santos", disse o Papa, citando as palavras de outro antecessor, o Beato João XXIII há 50 anos
Nas palavras do Santo Padre encontrei eco dos meus sentimentos. Como pode um candidato ao sacerdócio de Cristo não ter a limpidez de caráter e o senso máximo dos valores que fazem de um homem alguém íntegro? Para ter o alicerce onde assentar os valores da fé, onde a teologia e a filosofia poderão calcar seus princípios básicos mas que necessitam de terreno firme para que possam ser seguros, este futuro sacerdote deve ter a formação humana bem estabelecida.
Formação humana! Esta dimensão da formação seminarística merece muito cuidado e muita atenção, perspicácia dos responsáveis pela formação nos seminários, dela depende boa parte da índole e santidade dos sacerdotes que irão atual no dia de amanhã.
É lamentável constatar que muitos homens do clero da Santa Igreja dão mostras claras de que sua formação humana foi muito carente de cuidados, e isto não é uma crítica, apenas algo que não posso velar como se visse. Confesso, que minha formação no seminário nesta dimensão foi muito aquém do que necessitava e também esperava. No entanto tive que recorrer a que muitos de meus colegads faziam, buscava fora do seminário algo que completasse esta lucuna, coisa que encontrei – com a graça de Deus na Opus Dei nos seus recolhimentos para seminaristas diocesanos.
Precisamos, a meu ver, apelar sempre a nossos prelados que zelem mais por esta formação nos seminários, que se preciso acompanhem de perto seus seminaristas, acompanhem o trabalho de seus formadores, que analisem os caminhos que a formação esta tomando para que sempre se busque, neste mundo em constante mudança, o meio para que o futuro seminarista encontre seu equilibrio humano para crescer sendo verdadeiro homem de Deus, e assim verdadeiro Cristo para os irmãos.
Fonte: http://www.zenit.org/article-29564?l=portuguese

Nenhum comentário: