Destaque:

El centenario de las apariciones de la Virgem Maria en Fatima

Rosa Caroline Crespo Fernández Valderi da Silva En su visita al santuario de Fátima en 1982, San Juan Pablo II proclamaba que "a ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

50 anos da convocação do Concílio Vaticano II


Ano passado completou 50 anos (25 de dezembro de 1961) da convocação do Concílio Vaticano II. Acredito que nem preciso dizer que apesar de cinco décadas terem passado muitos ainda não aceitam completamente as orientações e normas deste Concílio. É preciso dizer que para estarmos em PLENA comunhão com a Igreja é preciso se sujeitar a todas as diretrizes, normas e dogmas esclarecidos e assumidos pelo Vaticano II.
Mas não quero me juntar a muitos expertos simplesmente para tentar fazer mais um comentário sobre este Concílio, até porque seria simplório querer comentá-lo com meus frágeis conhecimentos. Quero apenas expressar o que sempre pensei ao ver tantos indivíduos ou grupos falando contra este Concílio.
Em realidade estes que julgam o Vaticano II inválido ou corrompido estão querendo justificar seu apego exagerado a modos e gestos do passado da Igreja, que nunca foram condenados apesar das mudanças ocorridas. Claro que neste sentido a liturgia foi o baluarte de maior polêmica. Sempre declarei que a teimosia de muitos em afirmar que o Vaticano II descarecterizou a liturgia faz com que ignorantes nestes assuntos se associem a suas “cruzadas” contra este santo Concílio. Confesso que sempre admirei e tive cultivei um forte sentimento por não ter nascido sob as declarações do Concílio de Trento, mas atenção: antes de admirar e gostar dos rituais tridentinos AMO MINHA IGREJA e a ela somente obedeço, não a meus gostos e sentimentos!
Preciso ser justo também com aqueles que com sinceridade de coração buscam se convencer teologicamente a respeito de certos pontos deste Concílio. Estes estudam e realizam um esforço pessoal e intelectual para seguir amando a Igreja de forma plena sem pertencer ao grupo de filhos ingratos. Porém, mesmo estes precisam também de inspiração para perceberem que a intelectualidade pode reforçar a fé mas é preciso a fé em primeiro lugar para ter a capacidade de assentimento total do que ainda não conseguiram no tacante ao Vaticano II.
O Concílio Vaticano II é uma graça e dom de Deus para a humanidade. Acredito nesta lente para ver este Concílio, pois foi através dele que apareceram tesouros escondidos, pérolas para a evangelização dos povos que ainda estavam nas ostras, somente aguardando quem as tirasse para mostrar o quanto podem refletir a luz do Sol. Este concílio não somente nos deixou documentos esclarecedores e renovadores do ânimo dogmático, missionário e espiritual, mas também deu ao mundo mostras de que a Igreja de Cristo é sensível aos tempos como o próprio Cristo foi sensível a cada pessoa que recorria a Ele.
No dia 11 de outubro deste ano de 2012 completará 50 anos da abertura. Temos um bom tempo para nos aprofundar mais um pouco sobre este grande acontecimento na Igreja: o Concílio Ecumênico Vaticano II.
+++
Documentos do Concílio Vaticano II: http://www.vatican.va/archive/hist_councils/ii_vatican_council/index_po.htm
Para leitura: http://www.opusdei.org.br/art.php?p=46339 - http://pt.wikipedia.org/wiki/Conc%C3%ADlio_Vaticano_II

Nenhum comentário: