Destaque:

El centenario de las apariciones de la Virgem Maria en Fatima

Rosa Caroline Crespo Fernández Valderi da Silva En su visita al santuario de Fátima en 1982, San Juan Pablo II proclamaba que "a ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Terça-feira 2Sm 6, 12b-15.17-19 Mc 3, 31-25

III Semana do Tempo Comum

Pe. Valderi

Nesta leitura tirada do segundo livro de Samuel vemos a alegria do povo reunido em torno da Arca de Deus. Reunida festejando em torno da Lei de Deus.

Uma comunidade que entende a importância daquilo que ela têm festeja e se alegra, pois reconhece o tesouro que possui da parte de Deus. Nós temos um tesouro que nos foi dado por Deus também, assim como este povo do rei Davi. Temos a Eucaristia que é o próprio corpo e sangue de Nosso Senhor. Temos o tesouro, vivemos em comunidade, por que ainda não pulamos de alegria? Evidente que nossa manifestação de festa por este dom de Deus pode ser diferente do que a de Davi e seu povo fez em torno da Arca, posso fazer uma festa com minha vida, transformando toda ela num grande louvor a Deus pelo dom da Eucaristia. E posso começar pelo meio mais comum da vida cristã, que é a consciência de que tenho que ter minha alma livre do pecado para receber este Tesouro em mim.

Neste evangelho ouvimos Jesus chamar de irmãos e de mãe àqueles que estão o escutando. Para Jesus todos aqueles que ouvem Sua palavra e o seguem são Sua família. É o desprendimento de qualquer laço que possa te fazer apartar de Deus para estar junto de Cristo, este laço familiar com Jesus nos rende a salvação, nos aproxima Dele e assim, convivendo com Ele como numa família somos formados para a felicidade eterna e também para sermos figuras de Cristo neste mundo.

Cristo não esta pedindo que neguemos nossa mãe ou nossos irmãos, mas que saibamos viver como se todos fossem nossa mãe e nosso irmão, a quem daríamos qualquer coisa para os ver felizes e no caminho de Deus.

Nenhum comentário: