Destaque:

El centenario de las apariciones de la Virgem Maria en Fatima

Rosa Caroline Crespo Fernández Valderi da Silva En su visita al santuario de Fátima en 1982, San Juan Pablo II proclamaba que "a ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

“Extremismo ateu…”, espírito de Hitler

Sei que já deve fazer anos que existe, informação esta que desconheço, mas que importância a idade do absurdo quando sempre será absurdo?

Em recente viagem ao Reino Unido, Bento XVI teria mexido com os nervos dos ditos ateus ao mencionar que o ateísmo teria sido o “espírito” que levou o movimento nazista a fazer o que fez. Tudo sobre as bárbaries do nazismo durante a Segunda Guerra repulsa toda a humanidade hoje, a menos que alguém pense como o presidente do Irã! Esses ateus querem tirar a culpa de um sentido ateísta em Hitler pois os colocaria ao lado daquele impulsionar desta catastrofe, mas se descartamos o ateísmo como “espírito” do nazismo, o que então ficaria em seu lugar? Claro! A religião, o que para os ateus é muito conveniente, sempre acusar a religião – ópio do povo, como diria Neitische, aliás outro ateu.

Mas que é lunático em dizer que Hitler foi motivado por sentimento religioso, mesmo que fundamentalista?

Não sei se algum ateu teria essa coragem, mas não me surpreenderia em escutar ou ouvir alguém esbravejando: “Hitler matou pela religião…”.

Isso soaria como alguém querendo aplainar a história: “mais uma vez como as Cruzadas medievais e como a Guerra Santa do islamismo”.

Nenhum comentário: