Destaque:

El centenario de las apariciones de la Virgem Maria en Fatima

Rosa Caroline Crespo Fernández Valderi da Silva En su visita al santuario de Fátima en 1982, San Juan Pablo II proclamaba que "a ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

sábado, 21 de agosto de 2010

São Pio X, Papa e Confessor

Nascido numa humilde família do norte da Itália, foi com grande sacrifício que Giuseppe Sarto conseguiu estudar e ordenar-se sacerdote. De grande inteligência e ainda maior piedade, fez uma carreira eclesiástica brilhante, sendo sucessivamente coadjutor de paróquia rural, pároco, cônego da catedral de Treviso, bispo de Mântua, cardeal-patriarca de Veneza e, por fim, Papa. Seu lema, "Tudo restaurar em Cristo", acompanhou-o desde a humilde aldeiazinha em que começou a trabalhar até o sólio de São Pedro. Seu pontificado foi dos mais fecundos da História da Igreja. Foi chamado o "Papa da Eucaristia", pois incentivou a prática da comunhão freguente e permitiu a Primeira Comunhão a crianças pequenas, tão logo atingissem o uso da razão. Restaurou o canto gregoriano, ordenou a codificação do Direito Canônico, reformou a Cúria Romana e o Breviário, defendeu os direitos da Igreja lesados por governos anticatólicos e, sobretudo, foi o Papa que fulminou a grande heresia de nosso século, o modernismo, chamado por ele "a síntese de todas as heresias". Foi canonizado em 1954.

 

Fonte: http://santoral-valderi.blogspot.com/2009/08/sao-pio-x-papa-e-confessor.html

Um comentário:

Valderi da Silva disse...

CATEQUESE DO PAPA
Intervenção na audiência geral de hoje
CIDADE DO VATICANO, quarta-feira, 18 de agosto de 2010 (ZENIT.org) - Apresentamos, a seguir, a catequese dirigida pelo Papa aos grupos de peregrinos do mundo inteiro, reunidos no pátio do Palácio Apostólico de Castel Gandolfo.
***
Queridos irmãos e irmãs:
Hoje, eu gostaria de falar da figura do meu predecessor, São Pio X - cuja memória litúrgica será celebrada no próximo sábado -, sublinhando algumas das suas características que também podem ser úteis para os pastores e fiéis da nossa época.
[...]
Queridos irmãos e irmãs, São Pio X nos ensina que, na base da nossa ação apostólica, nos diversos campos em que trabalhamos, deve haver sempre uma íntima união pessoal com Cristo, que é preciso cultivar e fazer crescer cada dia. Este é o núcleo de todo o seu ensinamento, de todo o seu compromisso pastoral. Somente se estivermos enamorados do Senhor, seremos capazes de levar os homens a Deus e abri-los ao seu amor misericordioso, abrir o mundo à misericórdia de Deus.
Veja na íntegra no site do Vaticano [www.vatican.va] ou na Zenit [www.zenit.org]