Destaque:

A retrospectiva de Brás Cubas

Tenho grande apreço por Machado de Assis, pois acredito que sua contribuição para a Literatura Brasileira foi muito além de incrementar ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Papa dedica audiência geral da semana à teologia de São Tomás de Aquino*

*Extraído de http://www.gaudiumpress.org/view/show/16475

Saiu na net Papa o Papa, São Tomás de Aquino foi a pessoa do pensamento sublime e da pureza da vida

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 02-06-2010, Gaudium Press) Após as reflexões sobre o sacerdócio durante o período do Ano

Sacerdotal - que se encerra nesta semana - e o fim do período pascal na semana passada, o Papa retomou na audiência geral desta quarta-feira o ciclo de suas catequeses sobre os grandes teólogos da Idade Média.

Na audiência desta quarta-feira, o Papa debruçou-se sobre a vida e a obra de São Tomás de Aquino, o "Doutor Angélico", um dos mais importantes pensadores da Igreja. Bento XVI explicou em se

Papa-audiência-geral.jpg

u discurso que a vida e as obras de São Tomás de Aquino mostraram que "entre a fé cristã e a razão existe uma natural harmonia" e "uma grande síntese"

Apresentando aspectos biográficos da vida do religioso, o Papa sublinhou a sua contribuição de "fundamental importância para a história da Filosofia e da cultura, distinguindo aquilo que era válido daquilo que era duvidoso no pensamento de Aristóteles". São Tomás de Aquino introduziu no pensamento teológico elementos da Filosofia do grande filósofo antigo, e aproximou a cultura do mundo latino às obras de Aristóteles antes desconhecidas.

"Tratava-se de escritos sobre a natureza do conhecimento, sobre as ciências naturais, sobre a metafísica, sobre a alma e sobre a ética, ricos de intuições que pareciam válidas e convincentes", ressaltou o Papa na audiência.

O "Doutor Angélico", além disso, foi a pessoa do " pensamento sublime e da pureza de vida", disse Bento XVI. São Tomás nasceu em uma família nobre, entrou na ordem dos dominicanos e foi autor da Suma Teológica na qual aborda a grandeza e a beleza de Deus.

Em sua catequese, o Santo Padre recordou também que o Papa Urbano IV inspirou São Tomás nos textos litúrgicos para a festa do Corpus Christi, instituída em seguida ao milagre eucarístico de Bolsena. A festa é celebrada amanhã, 60 dias depois da Páscoa, como de tradição.

Em português, o Santo Padre dirigiu uma saudação especial aos peregrinos do Brasil, que hoje pela manhã na Praça São Pedro eram aproximadamente 250 pessoas, entre os quais um grupo da diocese de Serrinha, na Bahia:

"Uma saudação afetuosa a todos os peregrinos vindos do Brasil e demais países lusófonos, nomeadamente os fiéis da diocese de Serrinha, acompanhados do seu bispo Dom Ottorino Assolari! Possa cada un de vós encontrar a Jesus Cristo vivo e operante na Igreja através da sua presença real na Eucaristia. E assim, fortalecidos com a sua Graça, possais sevi-Lo nos irmãos", disse o Papa.

Ao final da audiência geral, no momento do "beija-mão", Bento XVI abençoou um busto de bronze de Pio XII. Roma está sediando uma semana dedicada à figura de Papa Pacelli por ocasião da vinda dos Estados Unidos da Irmã Margherita Marchione, religiosa das Mestres Pias Filipinas, a maior biógrafa vivente do pontífice do período da Segunda Guerra Mundial.

O busto em bronze, obra do escultor Renato Palella, será colocado sábado no jardim do Santuário de Santa Maria da Visitação, em Santa Marinella, área de Roma ligada à infância de Pio XII.

Além disso, hoje os italianos celebram a festa da República italiana, sua principal festa nacional. O dia 2 de junho recorda o nascimento da República depois de 85 anos de monarquia da casa Savoia. Os italianos em 1946, através de um referendo institucional, manifestaram a vontade de mudar a forma de governo. Durante a audiência geral as bandeiras tricolores sobrevoaram a Praça São Pedro, deixando um rastro com as cores da bandeira italiana: verde, branca e vermelha. A atenção do Papa foi interrompida brevemente pelo rugir dos aviões, e ele levantou os olhos para o céu e sorriu.

Nenhum comentário: