Destaque:

A retrospectiva de Brás Cubas

Tenho grande apreço por Machado de Assis, pois acredito que sua contribuição para a Literatura Brasileira foi muito além de incrementar ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Legionários de Cristo pedem orações e paciência após comunicado da Santa Sé*

*Extraído de http://www.acidigital.com/noticia.php?id=18905

ROMA, 07 Mai. 10 / 01:50 pm (ACI).- Em uma nota interna difundida entre os Legionários de Cristo e o Regnum Christi, as autoridades desta congregação pedem a seus membros orações e paciência ante o recente comunicado da Santa Sé de 1 de maio. Em seguida, a nota na íntegra:
"1. A Santa Sé nos pediu que este fosse um momento de reflexão e oração, e que portanto não é conveniente que façamos comentários nem declarações sobre o Comunicado. Este é o motivo pelo qual não fizemos ulteriores publicações.
Isto não implica que não ajudemos e comuniquemos os elementos essenciais para favorecer a paz, unidade e acolhida do Comunicado. Ao contrário, dentro do que marca o mesmo e com a devida prudência, temos que comunicar e oferecer acompanhamento pelos diversos canais, sobre tudo pessoais e grupais. Quanto aos dados precisos, devemos respeitar em todo momento que não temos mais informação oficial que o Comunicado mesmo. Logo que recebamos mais informação a transmitiremos. Enquanto isso não devemos ceder a tomar conclusões ou interpretações neste sentido.
2. Entretanto, é necessário que ajudem a todos (legionários, membros consagrados, membros e amigos do Regnum Christi, benfeitores, empregados) a:
A. Acolher as disposições da Santa Sé com uma profunda fé em Deus e obediência filial ao Santo Padre.
B. Esforçar-nos por construir unidade entre todos e de maneira especial com o Santo Padre. Será necessário sair ao encontro com coração manso e humilde.
C. Robustecer a confiança na Providência de Deus e confrontar o futuro com muita serenidade e espírito positivo.
D. Pôr o olhar na grandeza e a urgência da missão de evangelização que tem a Igreja e nós dentro dela. É ali, no anúncio do Evangelho, na salvação das almas e na extensão do Reino de Cristo, onde temos centrado o nosso olhar.
3. De igual maneira, ajudem a compreender também as partes positivas que contém o comunicado sobre a Legião e seus membros. Muitos meios de comunicação estão difundindo apenas as correções e os aspectos negativos, algo que serve para a deformação de muitas das mensagens.
4. Na atenção pessoal, nas reuniões e conferências que hajam nas comunidades, equipes, seções e obras, é necessário esclarecer algumas mensagens equivocadas que alguns meios estão difundindo:
A. O Comunicado não fala de "Re-fundação", sim de "profunda revisão" e "purificação".
B. Não fala de mudar o carisma, antes fala do: "núcleo de carisma que pertence aos Legionários de Cristo e lhes é próprio", "a necessidade de redefinir o carisma (…) preservando o núcleo verdadeiro", de "um autêntico dom de Deus", "uma riqueza para a Igreja": o Papa "os exorta a não perder de vista que sua vocação, nascida da chamada de Cristo e animada pelo ideal de dar testemunho de seu amor no mundo, é um autêntico dom de Deus, uma riqueza para a Igreja, o fundamento indestrutível sobre o qual construir seu futuro pessoal e o da Legião".
C. Não é um rechaço do Papa à Legião de Cristo. Em realidade se diz que: "o Papa renova seu ânimo a todos os Legionários de Cristo, a suas famílias, aos leigos comprometidos com o Movimento Regnum Christi, neste momento difícil para a Congregação e para cada um deles." e "O Santo Padre deseja assegurar a todos os Legionários e os membros do Movimento Regnum Christi que não estarão sós: a Igreja tem a firme vontade de acompanhá-los e ajudá-los no caminho de purificação que os espera."
D. Quando diz que "tal vida era desconhecida por uma grande parte dos legionários" significa que a maioria não sabia nada, incluindo os que atualmente estão no governo da Legião. Resta por ser examinado se havia culpabilidade por parte daqueles que o comunicado menciona.
E. Com respeito ao Delegado, o Santo Padre não especificou nem o nome da pessoa, nem as faculdades, nem as datas. Tampouco existe notícia alguma ulterior sobre a visita apostólica aos membros consagrados do Regnum Christi embora esta tenha sido confirmada.
A Divina Providência permitiu que vivêssemos este caminho de purificação. Vivê-lo com fé, esperança e caridade é uma oportunidade que Deus nos oferece para dar testemunho de Seu amor. Vejamo-lo como uma oportunidade de evangelização".

Nenhum comentário: