Destaque:

El centenario de las apariciones de la Virgem Maria en Fatima

Rosa Caroline Crespo Fernández Valderi da Silva En su visita al santuario de Fátima en 1982, San Juan Pablo II proclamaba que "a ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Tragédia no Haiti não é castigo de Deus, disse cardeal Dominicano.

Noticia comentada[6] SANTO DOMINGO, 20 de janeiro 10 (ACI) .- Em uma entrevista exclusiva com a ACI Prensa, o Arcebispo de Santo Domingo e Primaz da América, o Cardeal Nicolás de Jesús López Rodríguez, rejeitou categoricamente a tragédia do Haiti seja "um castigo de Deus ", como alguns afirmam.
Falando à Imprensa CNA em sua casa em Santo Domingo, cardeal rejeitou "categoricamente" que o terremoto Haiti é algo desejado por Deus, como alguns têm sugerido, nos últimos dias, incluindo alguns jornalistas que o cardeal se aproximou para pedir sua opinião.
"Sempre defendi que Deus é um Deus de amor. Deus pode permitir que isso bata as consciências das pessoas que são insensíveis à falta de qualquer uma das muitas pessoas, mas não faz nada", disse ele.
"Nós – disse o cardeal - estamos vendo muitas pessoas e muitos outros fizeram arrefecer”. Portanto, disse ele, "categoricamente rejeitada fortemente que este é um castigo de Deus. Como será que Deus vai agradar com muitos morrendo. Isso se faz rechassar, porque não pode ser explicado teologicamente" .
Para o arcebispo, males, como o tsunami que atingiu a Indonésia um tempo atrás, também têm sua origem no pecado do homem. Antes deles, "o homem e a mulher cristã, tem de responder com esperança."
Depois de expressar sua tristeza sobre a trágica situação no Haiti, o cardeal pediu "solidariedade absoluta" de todos os países, também os de toda a América, “incluindo os E.U. e Canadá" e que a República Dominicana não está em posição, e nem foi prévia para responder à emergência sozinho.
"Precisamos de solidariedade cristã, então, é porque esta quarta-feira, 21 de janeiro teremos uma missa às 6:00 pm na Sé em solidariedade com os bispos, arcebispo de Porto Principe (que morreu no terremoto). Rezemos pelos falecidos sacerdotes, monges e freiras e milhares de mortos ".
O cardeal disse também que decidiu realizar uma grande coleção de comida, dinheiro e medicina de 21 de janeiro, Dia da Virgen de la Alta Gracia e Padroeira da República Dominicana para a 31 deste mês, em torno de Santo Domingo para ajudar as vítimas do terremoto no Haiti, que já foi coletado em uma maratona "50 milhões de pesos, cerca de $ 1,3 milhões.

Tradução do espanhol por valderi

Nenhum comentário: