Destaque:

A retrospectiva de Brás Cubas

Tenho grande apreço por Machado de Assis, pois acredito que sua contribuição para a Literatura Brasileira foi muito além de incrementar ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Tragédia no Haiti não é castigo de Deus, disse cardeal Dominicano.

Noticia comentada[6] SANTO DOMINGO, 20 de janeiro 10 (ACI) .- Em uma entrevista exclusiva com a ACI Prensa, o Arcebispo de Santo Domingo e Primaz da América, o Cardeal Nicolás de Jesús López Rodríguez, rejeitou categoricamente a tragédia do Haiti seja "um castigo de Deus ", como alguns afirmam.
Falando à Imprensa CNA em sua casa em Santo Domingo, cardeal rejeitou "categoricamente" que o terremoto Haiti é algo desejado por Deus, como alguns têm sugerido, nos últimos dias, incluindo alguns jornalistas que o cardeal se aproximou para pedir sua opinião.
"Sempre defendi que Deus é um Deus de amor. Deus pode permitir que isso bata as consciências das pessoas que são insensíveis à falta de qualquer uma das muitas pessoas, mas não faz nada", disse ele.
"Nós – disse o cardeal - estamos vendo muitas pessoas e muitos outros fizeram arrefecer”. Portanto, disse ele, "categoricamente rejeitada fortemente que este é um castigo de Deus. Como será que Deus vai agradar com muitos morrendo. Isso se faz rechassar, porque não pode ser explicado teologicamente" .
Para o arcebispo, males, como o tsunami que atingiu a Indonésia um tempo atrás, também têm sua origem no pecado do homem. Antes deles, "o homem e a mulher cristã, tem de responder com esperança."
Depois de expressar sua tristeza sobre a trágica situação no Haiti, o cardeal pediu "solidariedade absoluta" de todos os países, também os de toda a América, “incluindo os E.U. e Canadá" e que a República Dominicana não está em posição, e nem foi prévia para responder à emergência sozinho.
"Precisamos de solidariedade cristã, então, é porque esta quarta-feira, 21 de janeiro teremos uma missa às 6:00 pm na Sé em solidariedade com os bispos, arcebispo de Porto Principe (que morreu no terremoto). Rezemos pelos falecidos sacerdotes, monges e freiras e milhares de mortos ".
O cardeal disse também que decidiu realizar uma grande coleção de comida, dinheiro e medicina de 21 de janeiro, Dia da Virgen de la Alta Gracia e Padroeira da República Dominicana para a 31 deste mês, em torno de Santo Domingo para ajudar as vítimas do terremoto no Haiti, que já foi coletado em uma maratona "50 milhões de pesos, cerca de $ 1,3 milhões.

Tradução do espanhol por valderi

Nenhum comentário: