Destaque:

El centenario de las apariciones de la Virgem Maria en Fatima

Rosa Caroline Crespo Fernández Valderi da Silva En su visita al santuario de Fátima en 1982, San Juan Pablo II proclamaba que "a ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

domingo, 15 de novembro de 2009

Sobre a alimentação

Quando é preciso ser prático
A história seguinte é atribuída ao sábio Mohammed Gwath Shattari, um dos mais admirados pelo Imperador Humayun. Morreu em 1563, e existe um templo em sua homenagem em Gwalior.

Três viajantes cruzavam juntos as montanhas do Himalaia, discutindo a importância de colocar na prática tudo aquilo que aprenderam no plano espiritual. Estavam tão entretidos na conversa, que somente tarde da noite se deram conta que carregavam consigo apenas um pedaço de pão. Resolveram não discutir sobre quem merecia comê-lo; como eram homens piedosos, deixariam a decisão nas mãos dos deuses. Rezaram para que, durante a noite, um espírito superior indicasse quem receberia o alimento.
- Eis o meu sonho - disse o primeiro viajante quando acordou. - Eu fui carregado para lugares onde antes nunca estive, e experimentei a paz e a harmonia que tenho buscado em vão nesta minha vida terrena. No meio de tal paraíso, um sábio de longas barbas me dizia: "você é meu preferido, jamais buscou o prazepaulocoelho r, sempre renunciou a tudo.
Entretanto, para provar minha aliança contigo, gostaria que experimentasse um pedaço de pão".
- Muito estranho - disse o segundo viajante. - Porque, em meu sonho, eu vi o meu passado de santidade, e o meu futuro de mestre. Enquanto olhava o que está por vir, encontrei um homem de grande sabedoria, dizendo: "você precisa comer mais que seus dois amigos, porque terá que liderar muita gente, e necessitará de força e energia".
Disse então o terceiro viajante:
- A determinada hora da noite, despertei de repente. E comi o pão. Os outros dois ficaram furiosos:
- E porque não nos chamou antes de tomar esta decisão tão pessoal?
- Como poderia fazê-lo? Vocês estavam tão longe, encontrando mestres e tendo visões sagradas! Ontem discutimos a importância de se colocar em prática aquilo que aprendemos no plano espiritual. No meu caso, Deus agiu rápido, e me fez acordar morrendo de fome!
Comporte-se como os outros
O Abade Pastor caminhava com um monge de Sceta, quando foram convidados para comer. O dono da casa, honrado pela presença dos padres, mandou servir o que havia de melhor.
Entretanto, o monge estava no período de jejum; assim que a comida chegou, pegou uma ervilha, e mastigou-a lentamente. Só comeu esta ervilha, durante todo o jantar.
Na saída, o abade Pastor chamou-o:
- Irmão, quando for visitar alguém, não torne sua santidade uma ofensa. Da próxima vez que estiver em jejum, não aceite convites para jantar.
Dois provérbios sobre comida.
Dirijo muito rápido para ficar me preocupando com colesterol. (Steven Wright)
Sorvete é ótimo. Que pena que não seja proibido. (Voltaire)

Nenhum comentário: