Destaque:

El centenario de las apariciones de la Virgem Maria en Fatima

Rosa Caroline Crespo Fernández Valderi da Silva En su visita al santuario de Fátima en 1982, San Juan Pablo II proclamaba que "a ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Senado aprova Acordo entre Brasil e Santa Sé

Noticia comentada Texto segue agora para sanção presidencial

BRASÍLIA, quinta-feira, 8 de outubro de 2009 (ZENIT.org).- O Senado brasileiro aprovou ontem o Acordo entre o Brasil e a Santa Sé, que estabelece o Estatuto Jurídico da Igreja Católica no país.

O texto, que segue agora para sanção presidencial, tem 20 artigos e foi assinado em novembro passado em Roma, durante visita do presidente Lula a Bento XVI. A Câmara dos Deputados já tinha aprovado o Acordo no dia 27 de agosto.

O presidente da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), Dom Geraldo Lyrio Rocha, afirmou que recebeu “com muita alegria a aprovação do Acordo pelo Senado, porque vem coroar o grande esforço com que foi conduzido pela Nunciatura Apostólica, em nome da Santa Sé, junto ao Governo brasileiro e que representa um desejo expresso pela CNBB de normatizar as relações entre a Igreja Católica e o Estado brasileiro”, disse o arcebispo, segundo informa a CNBB.
O secretário geral do organismo episcopal, Dom Dimas Lara Barbosa, também expressou sua alegria pela aprovação do texto do Acordo pelos senadores. “A aprovação expressa o reconhecimento, da parte do Senado, da importância da Igreja Católica na história e na formação da cultura do povo brasileiro”, disse.

COMENTÁRIO:

Já haviamos visto que este projeto traria grandes benefícios quando foi aprovado por grande parte dos deputados federais. Agora vemos o Senado apravando – se estivéssemos nos tempos romanos este fato seria mais que admirável – este projeto que regulariza a situação da Igreja Católica no Brasil com o Vaticano.

Não estaria na hora de ser publicado a todos oque este projeto quer dizer? Quais são realmente pontos? Do governo brasileiro não se espera grande transparência mesmo, mas a Igreja Católica nas pessoas do Presidente da CNBB e do Núncio Apostólico poderiam provedenciar isto… afinal o povo quer saber também… estar a par já que a maioria dos brasileiros são católicos!

Nenhum comentário: