Destaque:

A retrospectiva de Brás Cubas

Tenho grande apreço por Machado de Assis, pois acredito que sua contribuição para a Literatura Brasileira foi muito além de incrementar ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

“CRISTIANISMOS ADAPTADOS”

[…]
É lamentável ver inúmeras vezes pessoas que se outorgam o título de “católicos” manifestarem – ás vezes voluntariamente – sua opinião que acreditam ser mais de acordo com a atualidade, mencionando que a Igreja estaria “atrasada” em relação a sua opinião, ou dos demais. Claro que este tipo de opinião na maioria das vezes serve para defender o modo de vida, numa tentativa de justificar o que faço e que, segundo o ensinamento da Igreja, estaria irregular!
Certa vez, num modo muito informal, senteciou Dom Boaventura Kloppernburg: veja o que a opinião da maioria resultou… crucificou a Cristo! Claro que numa democracia a maioria é o mais importante, sem dúvida. Mas a Igreja não é democracia! A verdade não é democracia! A verdade é irrefutável, irredutível, independe de diversas opiniões! Ela simplesmente existe para ser encontrada de uma forma ou de outra.
Por isso, digo com toda a certeza que muitos hoje em dia não acreditam na verdade. Ou melhor, não acreditam que existe UMA verdade “fixa”, que não é relativa, principalmente sobre a natureza humana. Aliás, é sobre isto que a Igreja mais tem falado ultimamente, sobre a natureza do ser humano… coisa que os mais expertos em críticas não são capazes de analisar.
[continua]

Nenhum comentário: