Destaque:

El centenario de las apariciones de la Virgem Maria en Fatima

Rosa Caroline Crespo Fernández Valderi da Silva En su visita al santuario de Fátima en 1982, San Juan Pablo II proclamaba que "a ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

“CRISTIANISMOS ADAPTADOS”

[…]
É lamentável ver inúmeras vezes pessoas que se outorgam o título de “católicos” manifestarem – ás vezes voluntariamente – sua opinião que acreditam ser mais de acordo com a atualidade, mencionando que a Igreja estaria “atrasada” em relação a sua opinião, ou dos demais. Claro que este tipo de opinião na maioria das vezes serve para defender o modo de vida, numa tentativa de justificar o que faço e que, segundo o ensinamento da Igreja, estaria irregular!
Certa vez, num modo muito informal, senteciou Dom Boaventura Kloppernburg: veja o que a opinião da maioria resultou… crucificou a Cristo! Claro que numa democracia a maioria é o mais importante, sem dúvida. Mas a Igreja não é democracia! A verdade não é democracia! A verdade é irrefutável, irredutível, independe de diversas opiniões! Ela simplesmente existe para ser encontrada de uma forma ou de outra.
Por isso, digo com toda a certeza que muitos hoje em dia não acreditam na verdade. Ou melhor, não acreditam que existe UMA verdade “fixa”, que não é relativa, principalmente sobre a natureza humana. Aliás, é sobre isto que a Igreja mais tem falado ultimamente, sobre a natureza do ser humano… coisa que os mais expertos em críticas não são capazes de analisar.
[continua]

Nenhum comentário: