Destaque:

A retrospectiva de Brás Cubas

Tenho grande apreço por Machado de Assis, pois acredito que sua contribuição para a Literatura Brasileira foi muito além de incrementar ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

“Ao anoitecer desta vida…”

“Ao anoitecer desta vida…”, com estes belos versos São João da Cruz trata da noite da vida para o amanhecer da vida eterna.

Mas não me refiro a este verso pelo sentido espiritual ou teológico que ele possa ter, apenas lembrei-o esta manhã quando levantei e olhei pela janela, ali fiquei supreendido ao ver a claridade do sol, e o dia quente que se apresentava.

Depois de tanta chuva e neblina além de ventos frios, finalmente o sol… dia de verão!

Assim pensei, e é claro, logo levantei ainda mais meu pensamento e cheguei a este verso de São João da Cruz. Ao anoitecer desta vida… assim estava, numa “noite” fria e desanimadora e de repente o verão! Calor e sol, animação e risos.

Mas tem a haver o verso com o tempo? Ora, acredito que sim. A vida passa necessariamente pela “noite” sombria, pela desanimação, pela encomodação das águas que transpordam e deixam imensos transtornos as vezes, mas esta “vida” passa e desabrocha – no silêncio – a vida feliz, animadora… eterna!

Que é necessário então para não morrer antes do tempo?

Ser firme nas convicções, ter popósitos sólidos… orientar a vida sempre por um critério fundamental, o amor.

Pax Christi

Nenhum comentário: