Destaque:

A retrospectiva de Brás Cubas

Tenho grande apreço por Machado de Assis, pois acredito que sua contribuição para a Literatura Brasileira foi muito além de incrementar ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

domingo, 23 de agosto de 2009

Sobre as maneiras de rezar

O arcebispo Macarius afirma em um de seus escritos: que as portas do Céu estão abertas para quem usar a oração. Entretanto, nem sempre valorizamos este poderoso instrumento de comunicação com Deus, por considerá-lo simples ou - paradoxalmente - complicado demais. Vale lembrar que na Bíblia, em II Reis à (capitulo 20), um poderoso exemplo da força da oração é citado.
O profeta Isaias vai até a casa de Ezequias, e anuncia: "põe em ordem tua casa, porque vais morrer".Ezequias, desesperado, volta-se conta a parede, e clama ao Senhor: "Andei fielmente diante de Ti, fazendo o que era agradável a Teus olhos!" E chora.Antes que Isaias deixe o pátio interno, o Senhor dirige-se de novo a ele: "Volta e diz a Ezequias, meu servo; escutei tua prece e vi tuas lágrimas. Vou te curar, e acrescentarei quinze anos à tua vida". A seguir, duas histórias sobre a importância da oração. O anjo explica a penitênciaO Verba Seniorum - coleção de textos sobre os monges viviam no deserto, no começo da era cristã -conta a história de um ermitão que conseguiu jejuar durante um ano, comendo apenas uma vez por semana.Quando terminou sua penitência, olhou para o céu e pediu que Deus lhe revelasse o verdadeiro significado de determinada passagem bíblica.Não escutou nenhuma resposta. "Que desperdício de tempo", pensou consigo mesmo. "Fiz todo este sacrifício e Deus não me responde! Melhor sair daqui e encontrar algum outro monge que saiba o significado deste texto".Neste momento, apareceu um anjo.- Os doze meses de jejum só serviram para você acreditar que era melhor que os outros, e Deus não escuta os vaidosos. Mas quando você foi humilde pensou em pedir ajuda ao seu próximo, Deus me enviou.E o anjo revelou ao monge o que ele queria saber. A oração dos rebanhos A tradição judaica conta a história de um pastor que sempre dizia ao Senhor: "Mestre do Universo, se tiveres um rebanho, eu o guardarei de graça, já que Te amo muito".Certo dia, um sábio ouviu a estranha prece. Preocupado com uma ofensa a Deus, ensinou ao pastor as rezas que conhecia. Mas, assim que se separaram, o pastor esqueceu as palavras corretas; com medo de ofender a Deus pedindo para guardar rebanhos, resolveu abandonar por completo qualquer tipo de oração.Naquela mesma noite, o sábio teve um sonho:"Quem guardará os rebanhos do Senhor?" dizia um anjo. "O pastor rezava com seu coração, e você ensinou-o a rezar com a boca".No dia seguinte o sábio voltou ao campo, pediu perdão ao pastor, e incluiu a Prece do Rebanho em seu livro de orações.

Nenhum comentário: