DJC: Sacerdotes que não sabem o que é fraternidade

Querido diário... hoje escrevo de manhã, costumo escrever a noite, mas tenho tempo agora. Queria partilhar-lhe meu recente anseio.


Não sei como dizer, mas me dói ver uma Igreja onde a porção daqueles que são chamados a viver uma vida devotada aos outros sempre esta num clima de perene rixa! Parece que os sacerdotes não se entendem e só trabalham juntos na maioria por força do mesmo Senhor... mas por eles mesmos não fariam, será que a caridade evangélica não faz parte de suas vidas? será que a ordenação faz extinguir a fraternidade? ou melhor dizendo, será que eles entendem oque seja fraternidade?

Me pergunto porque o Senhor não intervem diretamente para logo termos um exercito de sacerdotes valentes, fraternos entre si, caridosos com os demais e principalmente sem MEDO dos seus irmãos sacerdotes, do bispo e de assumir as consequências de sua missão.

Alter Christus... vejo isso no pessoa do padre. Não somente quando ele esta na missa, mas sempre! Será que estou errado?!

Comentários