Destaque:

El centenario de las apariciones de la Virgem Maria en Fatima

Rosa Caroline Crespo Fernández Valderi da Silva En su visita al santuario de Fátima en 1982, San Juan Pablo II proclamaba que "a ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

quarta-feira, 14 de maio de 2008

O dom supremo do Amor e o Espírito Santo

Novena de Pentecostes
Taquara - RS
Valderi da Silva

O dom supremo que o ser humano ganhou é algo imaterial e ao mesmo tempo mais real que a própria matéria à nossa volta. Este DOM é o AMOR!
[Amor]
Mas que significa dizer que o “amor é um dom supremo”; ora, entre muitas coisas que se pode dizer para definir o amor existem duas que jamais podem faltar: DOAÇÃO E UNIDADE.
Doação é característica indispensável do amor, quando alguém diz que ama outro faz tudo para estar próximo à ele, também faz tudo possível para compreender suas atitudes sem pré-juízos. Doação é uma palavra que há muito saiu (juntamente com seu sentido correto) do dicionário da maioria na saciedade; é um conceito que muitos esnobam julgando coisa de pura filantropia, ou seja, acabou-se transformando algo divino (um atributo divino) em uma ação puramente humana, “um ato social”, para facilitar a compreensão.
Com efeito, isto demonstra o quanto o ser humano foi deixando de lado o próprio significado do amor para DISFARÇA-LO de qualquer outra coisa que não traz duração, e menos a felicidade que o homem busca.
Doação é algo divino, pois vêm de Deus, e por sua vez nós participamos desta atividade de Deus na medida em que agimos conforme aquilo que somos, imagem do próprio Deus. É assim que ”se doar” gera amor: no ato de entregar-se a outro ou a alguma coisa esvazio-me do material em mim e dou espaço para que o ESPIRITUAL habite em mim, ou seja, o ESPÍRITO DE DEUS.
Unidade: isto gera em mim, aos poucos, união com Deus e logo, união com os outros. É assim que o amor vai-nos tornando “membros”, isto quer dizer que com amor fazemos UNIDADE com Deus e com os Irmãos. Isto é alam de característica, fruto do Espírito de Deus.
[Espírito Santo]
“A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vós”. A comunhão é sinal do testemunho, isto quer dizer claramente que se nós, comunidade cristã, vivemos em COMUNHÃO, somos testemunhas de Cristo.
Além de comunhão a missão que cumpre o Espírito Santo numa comunidade é a de convencer, em primeiro lugar o mundo de seu pecado, e depois mostrar a justiça e nos guiar até Jesus Cristo.
O Espírito Santo não é apenas algo disforme, ele é Deus, tem uma personalidade definida e é uma pessoa.
[Espírito de Amor]
Por isto tudo, não é possível falar separadamente do Amor e do Espírito Santo, o Amor brota do Espírito e como este Espírito é Deus, é dom (presente) e é dado a nós desde toda a eternidade.


PGD

Nenhum comentário: