Destaque:

A retrospectiva de Brás Cubas

Tenho grande apreço por Machado de Assis, pois acredito que sua contribuição para a Literatura Brasileira foi muito além de incrementar ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

quarta-feira, 14 de maio de 2008

O dom supremo do Amor e o Espírito Santo

Novena de Pentecostes
Taquara - RS
Valderi da Silva

O dom supremo que o ser humano ganhou é algo imaterial e ao mesmo tempo mais real que a própria matéria à nossa volta. Este DOM é o AMOR!
[Amor]
Mas que significa dizer que o “amor é um dom supremo”; ora, entre muitas coisas que se pode dizer para definir o amor existem duas que jamais podem faltar: DOAÇÃO E UNIDADE.
Doação é característica indispensável do amor, quando alguém diz que ama outro faz tudo para estar próximo à ele, também faz tudo possível para compreender suas atitudes sem pré-juízos. Doação é uma palavra que há muito saiu (juntamente com seu sentido correto) do dicionário da maioria na saciedade; é um conceito que muitos esnobam julgando coisa de pura filantropia, ou seja, acabou-se transformando algo divino (um atributo divino) em uma ação puramente humana, “um ato social”, para facilitar a compreensão.
Com efeito, isto demonstra o quanto o ser humano foi deixando de lado o próprio significado do amor para DISFARÇA-LO de qualquer outra coisa que não traz duração, e menos a felicidade que o homem busca.
Doação é algo divino, pois vêm de Deus, e por sua vez nós participamos desta atividade de Deus na medida em que agimos conforme aquilo que somos, imagem do próprio Deus. É assim que ”se doar” gera amor: no ato de entregar-se a outro ou a alguma coisa esvazio-me do material em mim e dou espaço para que o ESPIRITUAL habite em mim, ou seja, o ESPÍRITO DE DEUS.
Unidade: isto gera em mim, aos poucos, união com Deus e logo, união com os outros. É assim que o amor vai-nos tornando “membros”, isto quer dizer que com amor fazemos UNIDADE com Deus e com os Irmãos. Isto é alam de característica, fruto do Espírito de Deus.
[Espírito Santo]
“A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vós”. A comunhão é sinal do testemunho, isto quer dizer claramente que se nós, comunidade cristã, vivemos em COMUNHÃO, somos testemunhas de Cristo.
Além de comunhão a missão que cumpre o Espírito Santo numa comunidade é a de convencer, em primeiro lugar o mundo de seu pecado, e depois mostrar a justiça e nos guiar até Jesus Cristo.
O Espírito Santo não é apenas algo disforme, ele é Deus, tem uma personalidade definida e é uma pessoa.
[Espírito de Amor]
Por isto tudo, não é possível falar separadamente do Amor e do Espírito Santo, o Amor brota do Espírito e como este Espírito é Deus, é dom (presente) e é dado a nós desde toda a eternidade.


PGD

Nenhum comentário: