Destaque:

El centenario de las apariciones de la Virgem Maria en Fatima

Rosa Caroline Crespo Fernández Valderi da Silva En su visita al santuario de Fátima en 1982, San Juan Pablo II proclamaba que "a ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

terça-feira, 17 de junho de 2003

Histórias sobre o aprendizado

Aprenda a cuidar de si mesmo
- Durante anos busquei a iluminação - disse o discípulo. - Sinto que estou perto, e quero saber como dar o próximo passo.
- Um homem que sabe buscar a Deus, sabe também cuidar de si mesmo. Como você se sustenta? - perguntou o mestre.
- Isso é apenas um detalhe. Tenho pais ricos, que me ajudam no meu caminho espiritual. Por causa disso, posso me dedicar inteiramente às coisas sagradas.
- Muito bem - disse o mestre. - Então vou lhe explicar o próximo passo: olhar o sol por meio minuto.
O discípulo obedeceu.
Quando acabou, o mestre pediu que descrevesse a paisagem à sua volta.
- Não consigo. O brilho do sol ofuscou meus olhos.
- Um homem que mantém os olhos fixos no sol, termina cego. Um homem que apenas busca a Luz, e deixa suas responsabilidades nas costas dos outros, jamais encontra o que está buscando - foi o comentário do mestre.
Tornando o campo fértil
O mestre zen encarregou o discípulo de cuidar do campo de arroz. No primeiro ano, o discípulo vigiava para que nunca faltasse a água necessária; o arroz cresceu forte, e a colheita foi boa.
No segundo ano, teve a idéia de acrescentar um pouco de fertilizante; o arroz cresceu rápido, e a colheita foi maior.
No terceiro ano, ele colocou mais fertilizante. A colheita foi maior ainda, mas o arroz nasceu pequeno e sem brilho.
- Se continuar aumentando a quantidade de adubo, não terá nada de valor no ano que vem - disse o mestre.
"Você fortalece alguém, quando ajuda um pouco. Mas você enfraquece alguém, se ajuda muito."
O caminho do tigre
O homem caminhava pela floresta quando viu uma raposa aleijada.
"Como ela se alimenta?", pensou.
Neste momento, um tigre se aproximou com um animal entre os dentes. Saciou sua fome, e deixou o que havia sobrado para a raposa.
"Se Deus ajuda a raposa, irá me ajudar também", refletiu. Voltou para sua casa, trancou-se, e ficou esperando que os Céus lhe dessem comida.
Nada aconteceu. Quando já estava ficando fraco demais para sair e trabalhar, um anjo apareceu.
- Por que você resolveu imitar a raposa aleijada? - perguntou o anjo. - Levante-se, pegue suas ferramentas, e siga o caminho do tigre!
Alguém saberia a diferença
Um pai levava seus dois garotos para jogar mini-golfe. Na bilheteria, quis saber o preço.
- Cinco moedas para os adultos, três para maiores de seis anos. Abaixo de seis anos, a entrada é grátis.
- Um deles tem três, o outro sete. Pago a do mais velho.
- Você é tolo - disse o bilheteiro. - Podia ter economizado três moedas, dizendo que o mais velho tinha menos de seis; eu nunca saberia a diferença.
- Pode ser; mas os garotos saberiam. E o mau exemplo ficaria gravado para sempre.

Nenhum comentário: