Destaque:

A retrospectiva de Brás Cubas

Tenho grande apreço por Machado de Assis, pois acredito que sua contribuição para a Literatura Brasileira foi muito além de incrementar ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

terça-feira, 17 de junho de 2003

Histórias sobre o aprendizado

Aprenda a cuidar de si mesmo
- Durante anos busquei a iluminação - disse o discípulo. - Sinto que estou perto, e quero saber como dar o próximo passo.
- Um homem que sabe buscar a Deus, sabe também cuidar de si mesmo. Como você se sustenta? - perguntou o mestre.
- Isso é apenas um detalhe. Tenho pais ricos, que me ajudam no meu caminho espiritual. Por causa disso, posso me dedicar inteiramente às coisas sagradas.
- Muito bem - disse o mestre. - Então vou lhe explicar o próximo passo: olhar o sol por meio minuto.
O discípulo obedeceu.
Quando acabou, o mestre pediu que descrevesse a paisagem à sua volta.
- Não consigo. O brilho do sol ofuscou meus olhos.
- Um homem que mantém os olhos fixos no sol, termina cego. Um homem que apenas busca a Luz, e deixa suas responsabilidades nas costas dos outros, jamais encontra o que está buscando - foi o comentário do mestre.
Tornando o campo fértil
O mestre zen encarregou o discípulo de cuidar do campo de arroz. No primeiro ano, o discípulo vigiava para que nunca faltasse a água necessária; o arroz cresceu forte, e a colheita foi boa.
No segundo ano, teve a idéia de acrescentar um pouco de fertilizante; o arroz cresceu rápido, e a colheita foi maior.
No terceiro ano, ele colocou mais fertilizante. A colheita foi maior ainda, mas o arroz nasceu pequeno e sem brilho.
- Se continuar aumentando a quantidade de adubo, não terá nada de valor no ano que vem - disse o mestre.
"Você fortalece alguém, quando ajuda um pouco. Mas você enfraquece alguém, se ajuda muito."
O caminho do tigre
O homem caminhava pela floresta quando viu uma raposa aleijada.
"Como ela se alimenta?", pensou.
Neste momento, um tigre se aproximou com um animal entre os dentes. Saciou sua fome, e deixou o que havia sobrado para a raposa.
"Se Deus ajuda a raposa, irá me ajudar também", refletiu. Voltou para sua casa, trancou-se, e ficou esperando que os Céus lhe dessem comida.
Nada aconteceu. Quando já estava ficando fraco demais para sair e trabalhar, um anjo apareceu.
- Por que você resolveu imitar a raposa aleijada? - perguntou o anjo. - Levante-se, pegue suas ferramentas, e siga o caminho do tigre!
Alguém saberia a diferença
Um pai levava seus dois garotos para jogar mini-golfe. Na bilheteria, quis saber o preço.
- Cinco moedas para os adultos, três para maiores de seis anos. Abaixo de seis anos, a entrada é grátis.
- Um deles tem três, o outro sete. Pago a do mais velho.
- Você é tolo - disse o bilheteiro. - Podia ter economizado três moedas, dizendo que o mais velho tinha menos de seis; eu nunca saberia a diferença.
- Pode ser; mas os garotos saberiam. E o mau exemplo ficaria gravado para sempre.

Nenhum comentário: